Outras maravilhas humanas

Anúncio! – vencedores do sorteio literário – 2018

O nosso homólogo vonordiano (com ajuda do autor Matt Haig em “os humanos”), deu os seguintes conselhos:

  1. Na terra, a nova tecnologia é uma coisa da qual te vais rir dali a 5 anos. Valoriza aquilo de que não te rirás no espaço de 5 anos. Como o amor. Ou a boa poesia. Ou uma canção. Ou uma refeição excepcional. Ou um bom amigo. Ou o céu.
  2. Existe apenas um género na ficção. Tem o nome de “livro”.

Com efeito, ao chegar à este planeta, a qawwi apaixonou-se pelos livros. Afinal de contas, os mesmos ensinam, entretém, fazem-nos companhia, transformam-nos, e sobretudo, fazem-nos sonhar. A pensar nisto tudo, a qawwi e a sua tripulação decidiram sortear 9 livros para os leitores do blog.

Tivemos concorrentes de Moçambique e do Brasil e agradecemos desde já a participação! Gostamos imenso dos nossos leitores e se pudéssemos, presenteávamos a todos os participantes (sabemos que todos queriam ganhar!!). Mas não sendo possível e na ausência de tecnologia do planeta da qawwi, recorremos a plataforma https://www.sorteiogo.com/en/draw/names, para fazer uma escolha aleatória.

No mais, com ou sem sorteios, esperamos que estejam todos a gostar de fazer parte desta jornada pelo planeta terra e pelas suas maravilhas. Sintam-se à vontade para deixar sugestões ou comentários, para que no próximo ano as nossas aventuras sejam ainda melhores!

Passemos então a conhecer os vencedores do sorteio de 2018:

  1. Os livros a escolha de Eron, o inspector de Xinzdimila e o medo De Virgilia, da Editora Selo Jovem e que faziam parte do pacote IV vão para Ana Dulce Ximenes.
  2. O livro Before – antes de Tessa (em breve sai adaptação cinematográfica desta obra) e o livro em busca do mar certo – do pacote III, vão para Suzana Ubisse.
  3. O Inspector de Xindzimila e o canto dos contos, vão para Larissa Santos.
  4. Por fim, vai levar para casa recados da alma e intempéries d’amor numa baía adormecida, Edson K-Brain.

Muitos parabéns aos vencedores do sorteio e para todos, votos de um feliz natal, um próspero ano novo e sobretudo, boas leituras!

Para o ano haverá novas e excitantes aventuras. Aguardem!

Um abraço qawwiano, de toda a tripulação.

Extra, um minuto!

Esperem! Linan acaba de dizer que para além destes vencedores, o blog irá oferecer brindes adicionais, para alguns dos leitores que muito encorajam e inspiram os episódios “desabafos de uma qawwi”. É pelo carinho e apoio de leitores como vocês que a nossa nave continua a navegar a todo o vapor! E agora? Serás tu um desses leitores? Fica atento, pois a qualquer momento pode aparecer a nave de Stefanotis depositando um brinde enviado pela nossa qawwi.

IMG_8164

Outras maravilhas humanas

Sorteio literário mais fabuloso de 2018! – Diário de uma Qawwi

ATENÇÃO amigos, leitores e blogueiros:

No diário de uma qawwi já é natal!

Animados com este lindo conceito que não existe no reino de Stefanotis, e em apreço aos amigos que embarcaram na aventura, a qawwi e a sua tripulação gostariam de desejar um feliz natal a todos os seus leitores! Para isso, organizaram este presente simplesmente bombástico!!

Copy of Ready forSummer!

Quer ser uma das 4 pessoas a levar para casa estes maravilhosos livros e ler na época festiva? Então participe no sorteio e habilite-se a ser um dos vencedores!

Para concorrer é só seguir as duas instruções abaixo:

  1. Se ainda não seguiu a página do diário de uma qawwi no facebook, entre na página e faça like;
  2. Se ainda não seguiu, siga o blog diário de uma qawwi (basta colocar o seu email no campo de subscrição).
  3. Para os já inscritos tanto no facebook como no blog, é só partilharem este post ou deixarem um comentário 🙂

E pronto, já está a concorrer.

Termos e condições:

  1. Os livros (listados mais abaixo) serão enviados para 4 leitores, de Moçambique, Portugal e do Brasil.
  2. O sorteio abre hoje (dia 1 de Dezembro) e encerra dia 12 de Dezembro de 2018.
  3. O sorteio será realizado no dia 13 de Dezembro e os vencedores serão conhecidos até o dia 17 de Dezembro!
  4. Os leitores de Moçambique e de Portugal concorrem aos seguintes fabulosos pacotes:

Pacote I.         

  • Recados da Alma, de Bento Baloi (saiba mais sobre o livro aqui)
  • Intempéries d’amor numa baía adormecida, de Malikezi Wa Tiane

1

Pacote II.

  • O Inspector de Xindzimila, de Virgília Ferrão (clique aqui para saber mais sobre o livro)
  • O Canto dos Contos, antologia com curadoria de Daniel Moraes (clique aqui para saber mais sobre o livro)

2

Pacote III.

  • Em busca do mar certo, de Cri Essencia (clique aqui para saber mais sobre o livro)
  • Before – Antes de Tessa, de Ana Todd (clique aqui para saber mais sobre o livro)

3

5. Os leitores do Brasil concorrem ao seguinte fabuloso pacote:

Pacote IV.

  • A escolha de Eron, de Ad Chaves (clique aqui para saber mais sobre o livro)
  • O Medo de Virgília, de Rosa Mattos (clique aqui para saber mais sobre o livro)
  • O Inspector de Xindzimila, de Virgília Ferrão (clique aqui para saber mais sobre o livro)

Pacote 4Feliz Natal!De que está à espera?

Boa sorte!

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!

Votos de toda a tripulação do diário de uma qawwi

 

Livros, Resenhas

Literatura – | Recados da Alma de “Bento Baloi” | – Opinião

thumbs.web.sapo.io

Título: Recados da Alma

Autor: Bento Baloi

Editora: Fundação Fernando Leite Couto (Moçambique); Ideia Fixa (Portugal)

Compre aqui: Wook

Sinopse:

Um jovem jornalista recebe papéis de um velho comerciante durante a cobertura à operação de salvamento de vítimas das cheias do vale do rio Save. Durante a leitura, o jornalista descobre nos papéis já amarelecidos autênticos retratos de várias vidas: o ambiente agitado de Lourenço Marques; o calor suburbano ao redor; a electrizante dinâmica dos bailes nocturnos (dos juke boxes aos gira-discos de 45 rotações).

Os terríveis «mabandido» estão à solta semeando pânico: «você é mufana de quem?» – perguntam. Há troca de mensagens subversivas. Fala-se à boca pequena dos rapazes de Mondlane e Machel. Do futuro. Mafalda e Eugénio revelam o seu amor num golpe inesperado, que acaba transformando as suas vidas no frenesim do 7 de Setembro e 21 de Outubro. Almas estilhaçam-se e espalham-se pela metrópole. Há revelações surpreendentes. A deusa «Afrodite» conspirará a favor? Ou será que o vaticínio da velha «nyamussoro» de Homoíne sobre o espírito dos brancos concretizar-se-á? A luta continua! É a palavra de ordem que atravessa o tempo.

Opinião:

Disse o escritor Luiz Ruffato numa ocasião, que começar uma leitura é como iniciar uma jornada por uma caverna escura. Ao fim da jornada, regressando à luz, somos uma pessoa diferente da que entrou na caverna. É isso que acontece-nos ao passear por “Recados da Alma”: uma experiência transformadora.

Com uma escrita leve e primorosa, o autor ambientou este romance de época / histórico, em Moçambique e em Portugal, e como pano de fundo usou a história de amor entre Mafalda e Eugénio. A tentativa de enlace  desenrola-se a meio de preconceitos sociais, na difícil época de transição do colonialismo à independência em Moçambique. Mas Recados da Alma não é, nem de longe, apenas uma história de amor. São recados de vozes de vários fragmentos num vasto horizonte temporal, que marcam a realidade do povo moçambicano e do povo português. São histórias do quotidiano, tão verdadeiras e tão intrinsecamente ligadas a nós, que fascinam e vão fascinar leitores de todas as gerações. Não poderia haver forma mais agradável de compreender o passado e o presente destes dois países: com um nível de detalhe aprofundado e rigor na pesquisa, o autor relata factos reais em forma de episódios emotivos, ligeiros, às vezes cómicos e outras vezes dramáticos, tão arrebatadores que fazem-nos devorar as páginas de um só fôlego. Todos os personagens são memoráveis. Aliás, é através de personagens equilibradas e amorosas como Eugénio e Simões, ou então de outras verdadeiramente tridimensionais como Zé Mundoni, Lopes, Original e a própria Mafalda, que o narrador mostra-nos que os desafios para uma melhor condição humana, passam pela tolerância, amor, pontes, alianças e amizade. Entre pessoas, entre países.

IMG_7898

A diagramação e a paginação da obra estão impecáveis. Graças a um excelente trabalho a este nível, é bastante fácil detectar a mudança de vozes/ pontos de vista, dos diferentes narradores. Num primeiro olhar, a capa não parece falar tão claramente sobre o género apresentado, mas ao longo da leitura, as razões para a escolha tornam-se bastante óbvias.

Então já sabem, recomendamos vivamente a leitura desta obra, que consideramos um grande triunfo da literatura moçambicana. Abra o seu coração e embarque numa inesquecível viagem, com os mabandido, os dragões da morte, os regressados, os amantes Eugénio e Mafalda, e os seus deuses africanos e europeus. Se por ventura este livro for adaptado ao cinema (tem toda a pinta para isso), será certamente a vivas cores. E como realça o misterioso narrador Castro, o amor permanecerá, “numa simbiose de almas em que a história escrever-se-á a preto e branco”.

IMG_7917

 Sobre o autor: Bento Baloi nasceu em 1968 no Vieira, um bairro de lata dos subúrbios da cidade de Maputo. É jornalista há 30 anos. Fez iniciação literária escrevendo contos e poemas publicados em páginas de especialidade de revistas e jornais moçambicanos. Dedicou parte significativa da sua carreira ao teatro escrevendo, dirigindo e interpretando papéis em peças, tanto de palco como de rádio. São da sua autoria as peças de teatro «Lágrimas»; «Grito Humano»; «Adão e Eva, Ámen»; «Alarme»; «Katina P, o Flagelo», entre outras. Escreveu os bailados «O Filho do Povo» e «Raízes e Percursos», encenados pela diva da coreografia moçambicana, Pérola Jaime. «Recados da Alma» é o seu romance de estreia e foi publicado pela primeira vez, em Moçambique pela Fundação Fernando Leite Couto, em Novembro de 2016.

A nossa pontuação: 5 em 5 estrelas.

(por VF – da tripulação)